ROME TRAVEL DIARY - III

Roma, 30 de Janeiro, 7h

Estamos de pé e prontos para pegar no carro!
Desde que soube que vínhamos para Roma que disse que tínhamos de ir a este sítio. Fica a mais ou menos 2h15 de Roma e é das coisas mais bonitas que já vi.
Termas de Saturnia, conhecem? Ficam na Toscana e é de uma beleza natural incrível.

Roma, 30 de Janeiro, 9:30h

Tinha lido em todo o lado que as termas se não chegássemos cedo eram uma confusão do pior. Fotografias sem ninguém? Esqueçam! Tivemos sorte, pois não chegamos assim tão cedo mas estavam apenas 2 ou 3 pessoas. 45minutos depois? O cenário já estava complicado!
As termas são grátis e super lindas. A força da água é incrível e eu não sei como é que podem existir coisas daquelas que parece que foram programadas.
A única coisa menos boa foi o facto de achar que a água estivesse mesmo a escaldar (como nos Açores) e não estava. Um factor importante que possa ter a ver com esse aspecto, é que Itália tem sido alvo de grandes chuvas e tempestades. Inclusive, dois meses antes, da nossa visita, as termas estavam impossíveis de visitar e fechadas ao público, pois o mau tempo tinha destruído tudo.
Isso não aconteceu e passámos ali um bom bocado!
Um curiosidade: as águas têm propriedade terapêuticas;
Um dica: retirem tudo o que seja brincos, colares, pulseiras de prata e afins. As águas são bastante sulfurosas e deixa tudo o que seja prata oxidado. A minha pandora é Rose Gold neste momento.





Roma, 30 de Janeiro, 15:30h

Chegámos ao nosso B&B e estamos estafados! Contudo, para não é opção. Fomos tomar um banho explorar mais um pouco a cidade. 
Hoje vimos ao pormenor a Via Condotti, aqui encontram todas as lojas de luxo e marcas de renome, como Gucci, YSL, Chanel e por aí adiante.
A rua é muito bonita, como todas as outras nesta cidade, e transpira classe. Fica bem perto da praça de Espanha que é enorme e muito bonita também.

Roma, 30 de Janeiro, 20h

Para além de cansados, estávamos famintos, pois o almoço tinha sido uns croissants que tínhamos comprado numa estação de serviço (pensámos em comer no café das termas qualquer coisa, mas estava fechado. Por sorte comprámos comida a mais durante o caminho. Por isso mais vale prevenir, levem sempre algo na mochila para não serem apanhados de surpresa. Aquilo fica no meio do nada e depois não conseguem arranjar nada para comer).
Optámos por jantar num restaurante que me tinham recomendado e mais uma vez, obrigada! Vocês acertaram em todos. Estava óptimo!
Chamava-se "Antica Trattoria da Pietro Al Pantheon" e as massas para além de serem servidas de uma forma diferente (tipo em cataplanas e tabuleiros de alumínio) estavam deliciosas! Carbonara? Check!
Ainda não eram 23h e já dormíamos. Queríamos acordar plenos, pois a nossa sexta-feira era dedicada ao Coliseu!



Sem comentários

Publicar um comentário

Professional Blog Designs by pipdig