BARCELONA TRAVEL DIARY - II

Último dia por terras espanholas e deixámos o melhor para o final. Foi o dia que mais gostei de estar pela cidade.

Apesar de alguns contratempos e não termos conseguido cumprir o nosso roteiro à risca, valeu muito a pena. Viajar é ótimo, por isso, todos os dias e momentos são bem aproveitados. 

Começamos o dia pelo Mercado La Boqueria e fomos reforçar o pequeno almoço que tínhamos tomado no hotel. Era impossível não comer ou beber nada naquele local tão característico. Eram 9h e pouco da manha e o João já comia presunto. O mercado é repleto de cores, sumos, fruta, carnes, peixe, enfim, tudo o que possam imaginar. 

A visita pelo mercado foi rápida e seguimos para a Sagrada Família. Que obra grandiosa. Não imaginava algo tão "grande". Os pormenores dos telhados são fenomenais. Com muita pena minha não fizemos a visita ao interior, se fosse hoje não tinha tomado esta decisão. Contudo, estava imensa gente na fila, era o nosso último dia e não queríamos perder a manhã toda ali. 

Tínhamos programado o Park Güell, ainda na parte da manhã, mas quando chegámos lá à porta, estava esgotado e a próxima entrada seria só por volta das 14h30. Assim sendo, voltámos a apanhar o bus e fomos até ao centro da cidade para procurar um sítio giro, com uma boa esplanada para almoçar nas calmas e desfrutar um pouco sem stress de horas. 

Uma dica, comprem SEMPRE os bilhetes online antes de irem de férias. Não voltei a cair no mesmo erro.

A seguir ao almoço lá fomos. O Park é tão mas tão bonito. Estivemos lá umas duas horas e pouco e foi super giro. Não podem deixar de visitar, foi, sem dúvida, o que mais gostei durante os 3 dias pela cidade. 

O João queria muito ir visitar o estádio mas, infelizmente, era dia de jogo, então não deu para entrar. 

Decidimos regressar ao Bairro Gótico e aproveitar o bairro num dia de sol para ver o que ficou em falta no primeiro dia. 

O nosso final de tarde foi passado na avenida onde está o Arc do Triumph. Um sítio que, também, não vos pode faltar na lista. Havia muita gente, animação, crianças a brincar, andar de patins/skate e bicicleta, artistas de rua, muitas palmeiras e por aí fora. 

O resumo da cidade é mais do que positivo. Vamos até Amsterdão?!











Sem comentários

Publicar um comentário

Professional Blog Designs by pipdig